Atlético-PR é exemplo de biometria

“Os níveis de incidência e violência são desprezíveis aqui”. A frase é de Fernando Volpato, diretor de operações da Arena da Baixada. O estádio do Atlético-PR é o único no Brasil com acessos 100% biométricos.

Sendo assim, o clube tem total controle de quem entra e sai da praça esportiva. Dessa forma, pode identificar qualquer torcedor dentro ou nas proximidades do local.

Por exemplo: “se o torcedor causa algum prejuízo material ao clube, ele é identificado e encaminhado para o Juizado e Polícia Civil. Se concordar em pagar imediatamente o dano, o assunto fica resolvido ali mesmo. Em casos que podem causar algum prejuízo técnico ao clube, registramos todas as imagens. Posteriormente lavramos um boletim para usar em nossa defesa nos tribunais”, explica Volpato.

A segurança que o sistema biométrico dá ao clube e aos torcedores que vão ao estádio está diretamente associada ao sistema de monitoramento. “É como ligamos o CPF ao rosto”, diz o diretor da praça esportiva.

Implementado desde 2014, inicialmente apenas no setor de organizadas, o sistema biométrico da Arena da Baixada consulta a base de dados do Governo do Paraná (Detran e Instituto de Identificação).

Fonte: Jornal O Povo

Para mais informações, acesse: https://www.imply.com/pt/sistemas-de-acessos-e-bilhetagem/

Galeria Fotos